Lançamento da revista de literatura Jandique [Revista Biografia]

Lançamento da revista de literatura Jandique
 
Publicação voltada à literatura curitibana traz textos de autores consagrados e novos escritores; lançamento foi neste sábado (23)

Com o intuito de aproximar autores já consagrados dos mais jovens e formar uma ponte com o público leitor nasce a revista trimestral de literatura Jandique. O primeiro número será lançado neste sábado (23), a partir das 15h, na Livraria Arte & Letra.


Em sua estreia, Jandique traz textos de ficção de importantes nomes da literatura curitibana, de diferentes gerações, como o jornalista, dramaturgo e escritor Manoel Carlos Karam (1947-2007) e Luiz Felipe Leprevost, Assionara Souza, Alexandre França, Fabiano Vianna e Eduardo Capistrano.

A ideia de encontrar, publicar e divulgar os autores locais, com o objetivo de que cada vez mais pessoas os leiam, surgiu de uma incoerência observada por Otávio Linhares, editor e criador da Jandique: “Nos últimos anos, ficou claro que grande parcela dos curitibanos desconhece sua produção local. Ao mesmo tempo, essa produção cresce com o fôlego da nova geração e com o reconhecimento e a experiência trocada com quem já é do ramo da literatura há mais tempo”.

Além dos seis textos de ficção, Jandique traz uma entrevista com os irmãos Tizzot, editores da Arte & Letra, uma carta crítica do escritor e músico Carlos Machado, fotos de Olívia D’Agnoluzzo e ilustrações de Daniel Gonçalves. Já nesta primeira edição, a revista apresenta a potência da produção artística de Curitiba.

Durante o evento de lançamento na Arte & Letra, prints em formato A3 das ilustrações produzidas por Daniel Gonçalves estarão à venda.

Serviço
 
Lançamento – Revista Jandique de literatura curitibana (60 págs; R$ 8)
Dia 23 de fevereiro, sábado, às 15h
Local: Livraria Arte & Letra (Alameda Presidente Taunay, 130 – fundos da Casa de Pedra – Batel – Curitiba – PR).
Telefone: (41) 3039-6895
Entrada franca.

OS AUTORES

Manoel Carlos Karam
Nascido em 1947, em Rio do Sul (SC), Manoel Carlos Karam fixou-se em Curitiba nos anos 1960, onde viveu até sua morte, em 2007. Escritor, jornalista e dramaturgo, trabalhou em jornais e emissoras de TV do Paraná e, a partir da década de 1970, escreveu e dirigiu peças de teatro. Em 1995, seu romance Cebola recebeu o Prêmio Cruz e Souza, da Fundação Catarinense de Cultura. Junto a ele, Fontes murmurantes (1985), O impostor no baile de máscaras (1992) e Pescoço ladeado por parafusos (2001) compõem o projeto do escritor de traçar painéis sobre um país, uma cidade, uma casa e um quarto. Karam também é autor dos contos de Comendo bolacha maria no dia de são nunca (1999), dos romances Encrenca (2002) e Sujeito oculto (2004) e da peça teatral Duas criaturas gritando no palco (2003). Considerado um dos grandes nomes da geração de prosadores dos anos 1980, deixou vários textos inéditos — entre crônica, teatro e prosa de ficção — que vêm sendo publicados postumamente, a exemplo de Jornal da guerra contra os taedos (2008).

Luiz Felipe Leprevost
Nasceu em Curitiba (PR), em 1979. É escritor, poeta, músico e dramaturgo. É autor dos livros Manual de putz sem pesares, Inverno dentro dos tímpanos e Barras antipânico e barrinha de cereal, entre outros. Seus contos e poemas foram publicados em diversos veículos. Em 2012, lançou seu primeiro romance, E se contorce igual a um dragãozinho ferido, publicado pela editora Arte & Letra.

Assionara Souza
Nasceu em Caicó (RN), em 1969. Já publicou os livros de contos Cecília não é um cachimbo (2005) e Amanhã. Com sorvete! (2010), ambos pela editora carioca 7Letras, e Os hábitos e os monges (2011) pela curitibana Kafka Edições. Publicou textos em vários jornais e revistas. Vive em Curitiba (PR).


Alexandre França
Nascido em Curitiba (PR) em 1982, é poeta, músico e compositor. Em 2003, escreve sua primeira peça de teatro, “Às cegas”. É autor de Mata-Borrão, Batom (2003), que reúne poemas de cunho existencial, e Toda mulher merece ser despida (2005), este publicado pela Kafka Edições.

Fabiano Vianna
Nasceu em Curitiba (PR) em 1975. Trabalha como diretor de arte, designer, ilustrador e escritor. Lançou em 2009 a Lama, revista de literatura pulp brasileira, cujo segundo número foi publicado em 2011. Mantém o site de fotonovelas www.crepusculo.com.br e o blog pessoal Contos da Polpa.

Eduardo Capistrano
Escritor e servidor estadual, nasceu em 1980 em Curitiba (PR). É autor dos contos sobrenaturais de Histórias Estranhas (2007) e das narrativas sobre a passagem do tempo presentes em A Quarta Dimensão (2011).

Fonte:


Revista Biografia

0 comentários: