Inscrições no Festival Brasileiro de Música de rua 2013


Inscrições no Festival Brasileiro de Música de rua 2013

Abertas as inscrições para o Festival Brasileiro de Música de Rua 2013. Interessados em participar do evento devem fazer a inscrição até o dia 25 de março, pela internet e apresentações ocorrem, simultaneamente, em praças, parques e ruas da cidade.

Caxias do Sul, nas montanhas do extremo sul do Brasil, receberá nos dias 1º à 5 de maio, a segunda edição do Festival Brasileiro de Música de Rua. Músicos interessados em tocar em praças, parques, pontos e ônibus e ruas da cidade, já podem se inscrever para a edição 2013. As inscrições devem ser feitas no blog http://festivalbrasileirodemusicaderua.blogspot.com.br/ , de 04 a 25 de março, postando um vídeo e currículo do trabalho. Serão privilegiados trabalhos autorais e música instrumental. Além disso, criatividade, inovação, técnica e mensagem poética são alguns critérios de seleção.

O festival tem como principais objetivos, resgatar o valor da música de rua, aproximar músicos e espectadores e contribuir efetivamente para formação de público para a música artística. Na primeira edição, em 2012, o festival proporcionou mais de 30 apresentações musicais, oficinas, visitou a APAE e a APADEV, e mais de 10.000 pessoas assistiram às apresentações, que culminaram com um domingo de sol e música no Parque dos Macaquinhos. Com financiamento da Lei de Incentivo à Cultura da cidade de Caxias do Sul, o Festival tem produção de De Guerrilha e Varsóvia Educação e Cultura e conta com o apoio cultural da VISATE.

Assim como a edição passada, durante o festival serão oferecidas diversas atividades paralelas como workshops, oficinas e debates. Além disso, a edição deste ano conta com algumas novidades: apresentações em bairros mais distantes do centro como Vila Ipê e, o Cinebus, um ônibus estacionado em frente a Praça Dante que exibirá sessões de documentários com o tema Música. Duas atrações convidadas já confirmaram participação: o duo Valdir Verona e Rafael de Boni e o guitarrista Marcos de Ros. “O Festival tem como objetivo principal levar música de qualidade onde as pessoas estão”, salienta Luciano Balen, da De Guerrilha, um dos organizadores do evento.

A atividade do busking é comum até hoje em vários países da Europa. Na ponte de Praga, na Rambla em Barcelona, nos metrôs de Paris e Londres, no Zócalo na Cidade do México, enfim, em vários países os buskers podem ser encontrados e prestigiados. Performance na rua é a prática de realizar shows em locais públicos em troca de algumas moedas. Alguns músicos também utilizam esta forma de apresentação para vender seus CDs. O artista de rua, ou saltimbanco, ou menestrel, também é chamado pelo termo em inglês “busker” e sua atividade já é descrita nas culturas mais importantes da Antiguidade.

Contato para entrevistas: Luciano Balen (organizador) balen@deguerrilha.com e (54) 8124-6882
(54) 8124-6882 


Fonte: Marcelo Casagrande
http://www.artistasgauchos.com.br/

0 comentários: