INFERNO, DE DAN BROWN [Isabela Lapa e Kellen Pavão]

INFERNO, DE DAN BROWN

Inferno, o novo livro de Dan Brown, não foge ao estilo dos demais livros do escritor, como Código da Vinci, Anjos e Demônios e Símbolo Perdido. 

Desta vez, o renomado pesquisador e professor de História da Arte, Robert Langdon, é surpreendido ao acordar em um hospital, na Europa, após ter levado um tiro na cabeça. Langdon não se lembra de como chegou ao local e, menos ainda, os motivos pelos quais foi atacado.

Ocorre que pouco tempo após ter acordado, um tiro atinge a janela do quarto em que ele se encontra e, diante dessa nova tentativa de ataque, a Dr. Brooks o ajuda a fugir do local. Ao chegar no apartamento da médica, que se torna sua aliada, o professor descobre que está na posse de um objeto desconhecido, que se parece com uma arma biológica e descobre, inclusive, que quem está tentando matá-lo é o governo do seu próprio país.

Com o caos instaurado em sua vida, a única informação que ele tem para começar a buscar por respostas é a de que o que o colocou em risco tem ligação com a famosa obra A Divina Comédia, de Dante Alighieri.

Diante dos novos fatos que teve ciência e incomodado por não se lembrar dos acontecimentos, Langdon inicia uma jornada intensa de fuga. Quanto mais as respostas aparecem, mais perguntas vem à tona.

Ao que lhe parece, ele está envolvido em alguma questão que pode causar risco à sobrevivência da Nação. A Organização Mundial de Saúde está diretamente envolvida no caso, juntamente com uma organização secreta denominada Consórcio, que é uma organização que presta os serviços contratados sem se perguntar as razões ou os interesses dos clientes.

Mistérios, símbolos, obras de artes, referências a museus, descrições sobre as cidades fantásticas da Europa e muita história real sobre aquele continente são contadas no livro.

Como é possível notar, Dan Brown seguiu a sua fórmula geral, a mesma que lhe trouxe inúmeros fãs. No entanto, desta vez ele surpreendeu ao mudar toda a idéia passada no início da história. Sim, tudo aquilo que o leitor pensa saber não é verdade!

Além disso, uma outra questão interessante, é que neste livro o escritor abrangiu o ponto de vista de todos os personagens, o que não ocorreu nos anteriores, onde ele se baseava apenas na visão de Robert Langdon. Essa mudança foi benéfica à história, que ganhou contornos mais elaborados e bem sedimentados. 

Muito foi explicado sobre a obra que originou o livro, qual seja, a já mencionada Divina Comédia. A visão ampla da intenção de Dante ao escrevê-la e a dimensão da sua mente no que se referia à idéia de inferno, purgatório e paraíso é completamente intrigante. Confesso que Dan Brown tratou  da obra com tantos detalhes e com tanta dedicação, que conseguiu despertar o meu interesse por ela. 

                       Visão geral do Inferno de Dante, retratada na obra A Divina Comédia.


Infelizmente não dá para falar muito do livro sem estragar as suas surpresas e ocorrer em spoiler. Para finalizar, cabe apenas mencionar que que quem gosta do estilo do escritor vai se surpreender. A história, que é repleta de ação, mistério, conspiração e reviravoltas.

Com uma linguagem fácil e uma narrativa que prende, o livro pode ser lido em pouco tempo.

Algumas passagens interessantes:

Nós cumprimos o combinado, sem perguntas, custe o custar.

A perspectiva de fazer download daquele vídeo, no entanto, o perturbava. No passado, por mais bizarras que tivessem sido suas tarefas, sempre entendera a lógica por trás delas... identificara os motivos... compreendera os resultados desejado.

Mas aquele vídeo era desconcertante.

Havia algo de estranho nele.

Muito estranho. (p. 44)


NESTE LOCAL, NESTA DATA, O MUNDO FOI TRANSFORMADO PARA SEMPRE. (p. 45)

Abandonai toda a esperança, vós que aqui entráis! (p. 389)


Isabela Lapa e Kellen Pavão – Administradoras do blog Universo dos Leitores, que fala de livros e de tudo que estiver relacionado a estes pequenos pedaços de papel que nos transferem do mundo real para o universo dos sonhos, das palavras e da felicidade!

0 comentários: