Primeira edição da "Granta" em Portugal traz cinco sonetos inéditos de Fernando Pessoa [MAFALDA DE AVELAR]

Primeira edição da "Granta" em Portugal traz cinco sonetos inéditos de Fernando Pessoa


O mundo vai conhecer hoje cinco sonetos inéditos de Fernando Pessoa (1888-1935).


Eles serão publicados na primeira edição portuguesa da revista literária "Granta", que sai hoje em Portugal, à qual a Folha teve acesso.

O jornalista Carlos Vaz Marques, diretor da publicação, confessa que andava há muito tempo à procura de um bom mote para lançar a "Granta" em Portugal.

"Quando estes inéditos de Pessoa apareceram, pelas mãos dos pesquisadores pessoanos Carlos Pittella-Leite e Jerónimo Pizarro, a razão estava mais do que justificada."

Pizarro selecionou um dos sonetos para que fosse publicado, em primeira mão, na "Ilustrada". Elegeu aquele intitulado "Alma de Côrno".

"Possivelmente, estes são os últimos sonetos de Pessoa escritos em português que ainda estavam por ser descobertos", revela Pizarro.


"Há 25 mil documentos do autor guardados na Biblioteca Nacional de Portugal, mas nossa pesquisa leva a crer que não há mais sonetos inéditos em português entre eles. Há, sim, sonetos em inglês, em francês...", diz.

O trabalho sobre as obras de Fernando Pessoa casa, em plenitude, com o tema desta primeira edição portuguesa da "Granta": "Eu".

O volume, lançado pela editora portuguesa Tinta da China, presente também no Brasil, traz textos de Saul Bellow, Dulce Maria Cardoso, Valter Hugo Mãe, Rui

Cardoso Martins, Orhan Pamuk e Valério Romão, entre outros.


PONTAPÉ

A publicação teve o seu pontapé inicial no Brasil. Foi em Paraty (RJ), durante a Flip, que Bárbara Bulhosa, editora da Tinta da China, conheceu o diretor da "Granta" britânica, John Freeman. 

"Eu e a Bárbara já tínhamos pensado em editar uma revista literária", explica Marques. "Soube que existia a 'Granta' do Brasil e trouxe um exemplar da mesma para Portugal."

A "Granta" surgiu em 1889 como uma revista de um grupo de estudantes da Universidade de Cambridge. Já "lançou" nomes como Salman Rushdie, Martin Amis, Julian Barnes, António Lobo Antunes e Gabriel García Márquez.

GRANTA
AUTORES vários
EDITORA Tinta da China
QUANTO €18 (R$ 48; 302 págs.)

*O poeta Fernando Pessoa, em 1929, em do livro "Fernando Pessoa - Uma Fotobiografia", de Maria José de Lancastre

Fonte:

0 comentários: