Cinquenta Tons Mais Escuros - E. L. James [Jessica Rezende]


Cinquenta Tons Mais Escuros - E. L. James

Título: Cinquenta Tons Mais Escuros
Autora: E. L. James
Editora: Intrínseca
Páginas: 485
Ano: 2012


Sinopse: Assustada com os segredos obscuros do belo e atormentado Christian Grey, Ana Steele põe um ponto final em seu relacionamento com o jovem empresário e concentra-se em sua nova carreira, numa editora de livros. Mas o desejo por Grey domina cada pensamento de Ana e, quando ele propõe um novo acordo, ela não consegue resistir. Em pouco tempo, Ana descobre mais sobre o angustiante passado de seu amargurado e dominador parceiro do que jamais imaginou ser possível. Enquanto Christian tenta se livrar de seus demônios interiores, Ana se vê diante da decisão mais importante da sua vida.

Resenha

Diferente do primeiro livro (embora nem tanto!), Cinquenta Tons mais Escuros tem um pouco mais de história no seu contexto. Não é só aquela pegação sem fim que é Cinquenta Tons de Cinza. Envolve mais alguns dramas e descobertas perturbadoras, tanto das fragilidades de Christian Grey, quanto de suas ex-submissas. Me perdoe os anti-cinquenta tons, mas eu acho bem empolgante e é realmente uma narrativa que me deixa curiosa. Eu fui com muita sede ao ponte em relação a esse livro e gostei do que li. É uma continuação que foi bem trabalhada e que supriu minha curiosidade e tirou dúvidas.

 Ana terminou seu relacionamento com Christian e ficou bem abalada, pois ela sabe que não é tão fácil ficar sem ele. Após o termino ela consegue um emprego em uma editora e passa a trabalhar lá como assistente do editor. Nesse período Gray a lembra da exposição de seu amigo José e se convida para acompanha-la. E sabendo que não da para resistir aos encantos do magnata, logo ela esta em seus braços novamente. Eis que surge uma antiga submissa de Christian, chamada Leila. Ela é obcecada por Christian e não consegue entender porque ele esta tendo um relacionamento com Ana como nunca teve com nenhuma das outras submissas.

"- O que você tem que eu não tenho? - pergunta, com tristeza.

 A ansiedade se transforma em medo.

- Sinto muito, quem é você?

- Eu? Eu não sou ninguém. - Ela levanta o braço e passa a mão pelo cabelo, na altura dos ombros, e, à medida que faz isso, a manga de seu casaco sobe, revelando um curativo sujo em volta do pulso." (Pág.: 55)

Ana trabalha para Jack Hyde e ele já deu vários sinais que quer algo a mais com ela, mesmo sabendo que ela é comprometida ele não para de dar investidas. Mas Grey já ativou seu radar e esta de olho nele. Outro personagem que deu as caras em Cinquenta Tons Mais Escuros foi Mr. Robinson, mais conhecida como Elena, aquela que Ana chama de pedofila. A mentora e sócia de Grey esta fazendo de tudo para que Christian entenda que ele não é como os outros homens, que ele não vai conseguir manter um relacionamento e que ele precisa ser um dominador, que isso faz parte dele. Ana tem que lidar com muitas coisas, como a presença de Elena e de Leila em sua vida e as revelações de Christian sobre sua infância, seus traumas e seus segredos mais obscuros.

Não aceitado que Ana seja a escolhida de Grey, Leila persegue ela e acaba invadindo seu apartamento, deixando Ana numa situação muito assustadora. Ela quer entender porque Ana e não ela, que tem tudo que Ana tem, é a melhor. É ai que Christian mostra todo seu poder se dominador e consegue acalmar a situação, levando Leila para longe de Ana e garantido a segurança dos dois. Eles acabam se desentendendo por que Ana insiste em seu ciúmes, achando que Christian ainda sente algo por Leila. Após todo o desespero e achar que vai perder ele para sempre, Ana percebe o quanto o ama e que seria capaz de passar por cima de qualquer coisa para ficar com ele. Christian a pede em casamento, mas ela precisa de um tempo para concluir se é realmente a hora de aceitar esse pedido, mas não tem como negar que ela o quer tanto quanto ele a quer. Então ela aceita se casar com ele.

"Não sou nada, Anastasia. Sou a casca de um homem. Não tenho coração.O nó em minha garganta se expande. Ah, Christian, você tem sim, você um coração, e ele é meu. Quero amá-lo para sempre. Mesmo ele sendo tão complexo e difícil, eu o amo. Sempre vou amar. Nunca haverá outra pessoa. Nunca."

Resumindo Cinquenta Tons Mais Escuros, eu poderia dizer que eu curti bastante o livro e que ele mantem a linha do primeiro: Muito sexo e muito amor entre os protagonistas. Christian se mostra um cara super sensível e disposto a mudar sua vida por Ana. Ela por outro lado se mostra a mesma chata, incompreensiva e cheia de mimimi de sempre, além de curiosa, intrometida e sem fome (sério, essa mulher não come!). Christian com todos os defeitos é aquele homem que toda mulher quer ter. *o* Apaixonante e super sedutor. É revelado também sem grande segredo misterioso que se falava tanto no primeiro livro, que cá pra nós eu nem achei tão "Minha nossa, saia da minha vida seu louco." assim. Não é nada pior do que as coisas que ele já fez. Então, minha nota foi quatro corações, porque eu sou apaixonada pelo Grey (Me crucifiquem!) e por ter tido nesse livro mais do que apenas rala e rola, teve conteúdo, teve história, teve um contexto muito bom (tá ok, não é pra tanto). Mas pra quem gosta é super "Onw, que coisa mais linda." tipo: EU. Haha xoxo



Jéssica Rezende tem vinte dois anos e pisciana (instável como o mar). Há algum tempo atrás comecei a me aventurar em meio às páginas dos livros e desde então decidi que era lá que eu queria ficar. Eu queria compartilhar com outras pessoas minhas aventuras e por isso criei o blog. Leitora obstinada, viciada em séries e filmes.


0 comentários: