Download gratuito do livro 1984 [Revista Biografia]

Download gratuito do livro 1984


As vendas do livro “1984″, de George Orwell, decolaram após o escândalo de espionagem nos EUA e as revelações sobre o monitoramento de registros telefônicos e da internet realizados pelo governo.

Na trama do escritor inglês, por ordens do governo, a sociedade passa a ser vigiada todo o tempo pelo “Big Brother” (Grande Irmão). O Estado vigia os indivíduos e os mantém num sistema político cuja coesão interna é obtida não só pela opressão da Polícia do Pensamento, mas também pela construção de um idioma totalitário, a Novilíngua, que, quando estivesse completo, tornaria o pensamento das pessoas cada vez mais igual e impediria a expressão de qualquer opinião contrária ao Partido.

Onipresente, o Grande Irmão é visto em cartazes espalhados por toda a parte. Apesar de estar sempre presente e vigiando cada passo dos cidadãos, ele jamais apareceu em público.

As vendas da 100ª edição do livro subiram 7,005% na Amazon, de acordo com a página “Mover and Shakers in Books” do site varejista, que monitora e classifica as vendas a cada 24 horas.

Uma edição que une “1984″ e “Revolução dos Bichos”, ambos de Orwell, viu as vendas subirem 314%.

Dos livros para a realidade

O aumento nas vendas da obra publicada em 1949 teria sido ocasionado pela analogia entre o “Grande Irmão” de Orwell e a Agência Nacional de Segurança dos EUA.

Uma série de vazamentos nos últimos dias informaram ao mundo sobre como os serviços de inteligência dos Estados Unidos monitoram os registros telefônicos e as atividades na internet de cidadãos comuns em busca de possíveis ameaças terroristas.

O presidente americano, Barack Obama, afirma que este sistema ajuda a manter os americanos seguros, mas defensores das liberdades civis criticam a ação.

 

Nota: A Revista Biografia não possui os arquivos hospedados em seu banco de dados. Apenas divulgamos os links presentes em outras páginas na internet. Se, porventura, a publicação ferir direitos autorais, nos comunique que ela será, imediatamente, retirada do site. 
Revista Biografia

0 comentários: