EU A AMO INCONDICIONALMENTE [Renato Ferraz]

EU A AMO INCONDICIONALMENTE


Quis o destino que eu a amasse
Assim eis a razão porque a venero
Meus olhos são escravos seus
Ela habita meu coração.

Ela jamais fica sem sorri para mim
O brilho em seu olhar me fascina
Ela é minha querida estrela guia
Sua presença é minha inspiração.

À noite quando estamos ficamos
Lado a lado a nos admirar
Meus olhos derretem de encanto
Seu corpo nu, enche-me de desejos.

Quando ela se aproxima, tremo de emoção
Sou fã da sua magia, ela causa glamour
Quando a olho de cima a baixo
Não tenho a quem compará-la.


Tê-la comigo à noite, faz lembra-la sempre
Relembro passo a passo nossos encontros
Passam-se os dias, ela fica mais bela
Sua existência é incomum.

Nossa relação é poeticamente atemporal
Não tem outro nome, senão atração
Cada vez que a vejo, fico mais apaixonado
Suas vestes, aos meus olhos, tem a cor do amor.

Não há explicação para o que sinto
Fizemos um pacto em nossas vidas
Enquanto eu viver a amarei incondicionalmente
Nas noites de verão ela fica mais atraente.

Ela, como eu, é a imagem do Criador
Ele a fez para brilhar eternamente
Não há olhar mais belo que o seu
Ó LUA amada, deusa dos meus sonhos..




Renato Ferraz é Químico Industrial, trabalha na Empresa Petrobrás. Nasceu em 16/02/1958, na cidade de Delmiro Gouveia-Alagoas. Reside atualmente na cidade do Natal/RN. Começou a escrever despretensiosamente por volta do ano 2000. Sempre disse que gosta de brincar de escrever... Publicou alguns textos no site literário Jornal da Poesia e atualmente atualiza sua Página no site Usina de Letras.

0 comentários: