Mistério da luz brilhante observada em Marte é explicado por cientistas [Claudia Borges]

Fonte da imagem: Reprodução/NASA
Mistério da luz brilhante observada em Marte é explicado por cientistas


O ponto iluminado que a princípio havia intrigado os especialistas está sendo tratado agora como algo absolutamente normal 


Mistério da luz brilhante observada em Marte é explicado por cientistas

Um ponto de luz em Marte registrado pela sonda Curiosity gerou uma onda de especulações sobre a vida no Planeta Vermelho. Não poderia ser diferente. Afinal, cada sinal fora do comum observado por lá pode se tornar alvo de muita curiosidade e comemoração pelos entusiastas da existência de extraterrestres.

No entanto, essa imagem que intrigou bastante os especialistas da área no princípio já está sendo tratada como algo comum. Segundo o Live Science, os membros da equipe da missão disseram que flashes brilhantes de luz visíveis em Marte — nas fotos tiradas pela sonda em 2 e 3 de abril — quase certamente têm uma explicação perfeitamente normal.

Probabilidades

"Uma possibilidade é que a luz seja o brilho de uma superfície rochosa refletindo os raios solares. Quando essas imagens foram tiradas, o sol estava na mesma direção que o ponto brilhante, a oeste-noroeste da sonda e relativamente baixo no céu", explicou Justin Maki, o líder de engenharia de câmeras da Curiosity ao Space.com.

Maki também acrescentou que a equipe científica da sonda também vê a possibilidade de que esse ponto brilhante seja da luz solar que atinge o CCD (charge-coupled device) da câmera, diretamente através de um orifício, o que já aconteceu anteriormente com outras câmeras da Curiosity e de outras sondas. Segundo ele, isso acontece quando a geometria da luz do sol que entra em relação à câmera é precisamente alinhada.

O especialista também acredita que seja possível que os flashes de luz sejam resultado do impacto dos raios cósmicos em movimento rápido com a câmera, esclarecendo que o fenômeno está longe de ser raro. "Em milhares de imagens que recebemos da Curiosity, vemos aquelas com pontos brilhantes quase todas as semanas", disse Maki em um comunicado da NASA.

Evidências 


Imagem do mesmo local registrada pela câmera do lado esquerdoFonte da imagem: Reprodução/Live Science

As duas fotos (em preto e branco) que foram tiradas pela câmera de navegação da Curiosity do lado direito mostram o que parece ser um pequeno flash de luz brilhante ao longe (numa área de estudos chamada Kimberley), na frente de uma cratera que domina o horizonte.

Porém, a imagem captada pela câmera que fica do lado esquerdo da sonda, quase que simultaneamente à outra, mostra o mesmo local sem a luz, apoiando a possibilidade de ela ter sido mesmo apenas um reflexo de raio solar ou cósmico. 

Fonte Live Science, Space.com, NASA

0 comentários: