9 cidades que todo amante de café precisa conhecer [Hypeness]

9 cidades que todo amante de café precisa conhecer

A paixão pelo café pode ser vista nos quatro cantos do mundo, mas há alguns lugares em que o interesse pelos grãos e a busca por bons cafés se destacam. Afinal, um pingado na padaria até quebra o galho, mas o prazer de tomar um café bem preparado e feito com grãos diferenciados é algo que não se tem em qualquer esquina.

Contudo, se você estiver em uma das localizações listadas abaixo, as chances de acertar no café aumentam. Afinal, estas são nove cidades que vão agradar muito os amantes de café. 

1-Londres, Inglaterra 


Foto © Carl Court 

Na terra do chá das cinco, encontrar boas cafeterias é mais fácil do que você imagina. Apesar de ainda estar muito conectada ao chá, Londres vem desenvolvendo uma forte cultura do café, especialmente na área leste da cidade, onde você encontra cafeterias de qualidade. Na capital inglesa, o chamado “flat white“, café que consiste em uma dose dupla de espresso com uma fina camada de leite, e o cappuccino são os tipos mais pedidos. 

2. Melbourne, Austrália 


Foto © Jupiter Firelyte

Há quem diga que é impossível beber uma xícara de café ruim em Melbourne. A cidade, que é casa de um evento anual voltado apenas para o café, é conhecia por suas diversas cafeterias, sempre prontas para servir o famoso Piccolo latte – como o próprio nome sugere, um latte em “miniatura”, servido em uma xícara de 100 ml. 

3. Reykjavik, Islândia 


Foto © Christian Bickel 

No ranking de maiores bebedores de café no mundo, a Islândia vem logo atrás do primeiro lugar, a Holanda. Não é à toa que as cafeterias na capital Reuykjavik têm se multiplicado, bem como a exigência do paladar dos islandeses. O destaque fica por conta das pequenas beneficiadoras de café, já que o país não  conta com grandes empresas no ramo. Com isso, aumenta-se a concorrência e a criatividade quando o assunto é café. Latte ou cappuccino são recomendados pelos islandeses.

4. São Paulo, Brasil 


Foto © Coffee Lab

O hábito do café com leite pela manhã e do cafezinho pós-almoço está evoluindo na capital paulista. Cafeterias especializadas têm atraído paladares em busca de novas sensações. O café, que tanto faz parte do dia a dia do brasileiro, ganha nova cara e sabor nos diversos tipos apresentados nos cardápios. O cappuccino é o mais conhecido, mas basta que se acostume a essa nova forma de apreciar o café para que o gosto do paulista já fique mais apurado. 

5. Roma, Itália


Foto © Graeme Churchard 

Será que existe alguém na Itália que não tenha o hábito de tomar café? Talvez, mas o café está tão conectado ao país que chega a ser difícil de acreditar! Embora há algumas cafeterias italianas que ainda resistam à adoção de novas técnicas para o preparo do café, Roma é uma cidade em que é difícil errar a escolha do café. Espalhadas pela região do Panteão e na Fontana di Trevi, as cafeterias oferecem o famoso espresso. Afinal, como ditam os bons costumes, café com leite é apenas para o café da manhã.

6. Singapura 

Foto © Cafe Hopping Singapore

Se o modo “old school” de se fazer café ainda resiste em algumas partes da Itália, em Singapura não é diferente. Novas técnicas e tipos de café começam aos poucos a adentrar a cultura da cidade. Prova disso é a paixão dos singapurianos pela chamada “latte art“, os desenhos feitos no espresso, Latte, mocha ou o bom e velho cappuccino podem ser degustados por lá. 

7. Seattle, EUA


Foto © Jessica Curtin 

Esqueça as “fast-cafeterias”: é possível apreciar bons cafés em Seattle. A cidade tem uma cultura bem desenvolvida do café, no sentido de oferecer boas cafeterias e consumidores com paladar apurado. Isso permite, assim como em Reuykjavik, uma concorrência maior, gerando mais qualidade e criatividade. Espresso e cappuccino são as pedidas certas!

8. Viena, Áustria 


Foto © Demel

As cafeterias de Viena, conhecidas como Kaffeehaus, são tão importantes que foram tombadas pela UNESCO em 2011. Antigos e muito elegantes, esses espaços costumam ser usados para reunir amigos no dia a dia. Apesar de serem chamados de “cafeterias”, estes estabelecimentos costumavam focar mais nos bolos e doces servidos do que no  café em si, cenário que tem mudado nos últimos anos. Viena foi a sede do Campeonato Mundial de Baristas em 2012 e tem se provado uma verdadeira amante do café. Existe até um tipo da bebida que foi batizado de “Vienner Melange”, uma espécie de cappuccino coberto com creme. Vale provar! 

9. Wellingston, Nova Zelândia


Foto © Anabelle White 

Esta é a terra do “flat white”, a dose dupla de espresso com uma fina camada de leite que também é famosa em Londres. Em Wellington, quem entra em uma cafeteria costuma ser exigente e os baristas não costumam decepcionar. A paixão pelo café é o que move o segmento local de negócios envolvendo a bebida e dá chances para que o “flat white” seja ainda mais saboroso.


Fonte:

1 comentários:

Papeles dispersos: reflexiones de aquí y de allá disse...

Uma cidade falta nessa listagem, é Bogotá, capital da Colômbia, país produtor do café mais suave e aromático, ao chegar no aeroporto El Dorado já sentimos o cheiro do café!