Ator Caio Blat deverá viver Graciliano Ramos no cinema [Revista Biografia]

Ator Caio Blat deverá viver Graciliano Ramos no cinema


Após o fim das negociações para a aquisição dos direitos da obra de Graciliano Ramos com a família do escritor, o produtor Rodrigo Teixeira, da RT Features, anunciou durante o Festival de Cannes que fará refilmagem de Memórias do Cárcere, trinta anos após a adaptação do livro homônimo do escritor alagoano filmada por Nelson Pereira dos Santos, que levou o prêmio da crítica internacional do Festival de Cannes em 1984.

De acordo com o produtor, a nova versão deverá ser dirigida por José Eduardo Belmonte, diretor do recém-lançado Alemão, e teria o ator Caio Blat como Graciliano - na adaptação de Nelson Pereira dos Santos, o escritor foi interpretado pelo ator Carlos Vereza. De acordo com informações repassadas pelo produtor, as filmagens teriam início em 2015 e o lançamento do filme estaria previsto para 2016.

Memórias do Cárcere relata os dois anos em que Graciliano Ramos foi preso injustamente durante a ditadura de Getúlio Vargas. Em março de 1936, acusado — sem que a acusação fosse formalizada — de ter conspirado no malsucedido levante comunista de novembro de 1935, é demitido da Direção da Instrução Pública de Alagoas (cargo equivalente ao de secretário estadual de Educação), detido em Maceió e enviado a Recife, onde é embarcado com destino ao Rio de Janeiro no navio "Manaus", com outros 115 presos. No período em que esteve preso no Rio, até janeiro de 1937, passou pelo Pavilhão dos Primários da Casa de Detenção, pela Colônia Correcional de Dois Rios (na Ilha Grande), voltou à Casa de Detenção e, por fim, pela Sala da Capela de Correção.  

Fonte:

0 comentários: