Luciano Spagnol_[Poeta Brasileiro]

LUCIANO SPAGNOL. Fisioterapeuta, mariano, mineiro de Araguari, residente no Rio de Janeiro, nasceu em 27/02/1958. Sempre teve fontes de inspiração variadas, e presas no romantismo da poetisa Verconda Espadarote Bulus (ES) e admiração por Cora Coralina (GO). É um contador de histórias dos percalços de sua alma. A poesia o acompanha desde cedo, mas somente em 2008 criou coragem para poetar no mundo virtual, passando a fazer parte dele, expressando suas inspirações introspectivas, para ulterior dividi-las com amigos leitores. Com uma poesia particular e intimista, Luciano Spagnol nos presenteia com uma inspiração cunhada em sentimentos, sensações e pensamentos. Longe de ser um desabafo, o que temos em suas poesias
  é uma combinação impar de palavras que expressam com clareza a sensibilidade de seu coração poeta. Suas poesias são leves, enriquecedoras e envoltas em magia que emociona. Uma leitura encantadora.
 Participou de eventos nacionais de poesia (coletâneas e concursos). Seus textos "Desabafo" classificado em 9º lugar no 1º Concurso Nacional de Poesia - GASP (Grupo de Assistência Solidária ao Próximo), também, "Monólogo d'alma" na Antologia Valdeck Almeida de Jesus - ano 2008, e "Monólogo da Despedida" ano 2009. Participou da coletânea "Poetas Contemporâneos do Brasil" volume 01 ( “Será fado do poeta” e “Café Literário”), organização Portal do Poeta Brasileiro (faz parte do portal). Pertence a Liga dos Amigos do Portal CEN "Cá Estamos Nós" (Ponto Luso-Brasileiro para Lusófonos). Membro da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores (AVSPE). Membro Efetivo da Academia Virtual Brasileira de Letras (AVBL) cadeira 697. Em 2010 lança seu primeiro livro “Monólogo de Minha Alma” editora PACO EDITORIAL. Seu site de poesia:  http://www.poesiaempauta.fst.br/
Alma do Poeta

Não habita todo o entendimento
Na dor da paixão fragmentada
Apenas parte do sofrimento
Escorre pela carne alvejada

Num complexo ato insano
A esperança vem em porção
Maquiando o olhar profano
Da ilusão cheia de traição

Enquanto aguarda o novo tempo
Reparte o momento em fração
Tentando reciclar o intento
Em alívio, suspiros e emoção

Na poesia não é muito diferente
É a arte manifestando sua meta
Em versos em elos de corrente
Das partículas da alma do poeta.

Luciano Spagnol. Rio, 18/10/2010. 15’54”


Atrás da esquina da ilusão

Ficaram os frustrados sonhos
Os momentos enfadonhos
A lágrima de uma saudade
A mentira em forma de verdade
A flor oferecida com amor
Murcha e sem o devido valor
O olhar perdido na contramão
Os soluços da magoada emoção
A infidelidade do amigo
A dor de se ter partido
O amargor do coração ferido
O sangue da injuria pela alma escorrido
O perder-se entre a multidão
Os valores, dignidade, razão
O amor sem o perfume da paixão
Todos, atrás da esquina da ilusão...

Luciano Spagnol. Rio, 16/2010, Agosto. 09’49”


Borboletas

Metamorfoseia borboleta
Ensina a conjunção ranheta
A transformar a solidão
Em acontecimento, e então...
Desenhar o dia com companhia
Alegria
Emoção com euforia
Sonhos e fantasias
Coonestando o coração
Com amor e paixão...

Voa belas borboletas
De asas multicoloridas
Brancas azuis e pretas
Glorificando esta vida
De chegada e partida
Em diversidade e brio
Colorindo o estio
Com felicidade, harmonia
Provocando na alma arrepio...
E na inspiração poesia.

Luciano Spagnol. Rio, 25/09/2010. 13’21”

Começo sem fim...

Tenho muito guardado para te dar
Que não foi oferecido a ninguém
Todo o tempo e suas horas a ofertar
Tuas são as especiais e mais além

O que importa a tua história
A minha, no caminho do amor
Se desenhou com ou sem glória
Se sincero é o que tenho a propor

Não tem importância o lugar
Nem distância, se comigo estiver
O que importa é poder te amar
E brilho nos olhos eu poder ver

Te adoro, te desejo, sem limite
Quero mais que um simples sim
Quero mais que frases no convite
Quero ter começo e não ter fim...

Luciano Spagnol. Rio, 28/2010, Julho. 11’28”


Espinhos

Me arranhei em espinhos
que sangraram a mim
e a minha alma, assim,
num absorto dilema do coração
tatuaram na carne da emoção
marcas de sonhos e paixão.

Uma saudade,
uma lágrima,
um triste olhar,
uma dor a lamentar,
um vazio de carinhos.
Todos espinhos...

Me vi sozinho
acompanhado
sorridente, calado...
Perdido em poemas... (dilemas)

Entre espinhos e flores
afagos e amores
tive o meu poetar como espectador.

Luciano Spagnol. Julho, 07/2010. 14’56”

Menino Interior

Ainda embalado pela cantiga de Natal
Minh’alma pedala o velocípede com emoção
A bola os aniversários a piorra em coral
Enfeitam a memória da minha recordação
A brincadeira de queimada na calçada
As férias esperadas com ansiedade
O pique esconde com a meninada
Escreveram histórias e felicidade

Hoje acordei pensando no meu menino
O menino ingênuo, menino pequenino
Sorridente, alegre, brilhante, divino

Este menino interior que um dia evoluiu
Perdendo-se na saudade que o subtraiu.
Desenhando o adulto que surgiu...
Ah! Menino por que partiu?... )

Luciano Spagnol. Anápolis, 03/11/2010. 10’30

Os Poemas

Os poemas são cantigas que soam
As sinapses da inspiração
Que vem como pássaros que voam
Em busca de alimentação.
Eles são filhos do espírito
Que quando no livro grifados
Pousam a alma no infinito
E as mãos nos estros alados.
Saibas que ao leres um...
No encantado mundo da poesia
Dar-se-à nele tudo, real e fantasia.

Luciano Spagnol. Rio, 21/10/2010. 12’15”

Luciano Spagnol.
Todos os Direitos Autorais Reservados ao Autor.

7 comentários:

LÚCIA HELENA disse...

QUE MARAVILHA EXISTIR ALGUÉM COMO VOCÊ, DAUFEN, PARA VALORIZAR O TRABALHO DOS OUTROS.

bJS.


LÚCIA HELENA PEREIRA
NATAL/RN

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - disse...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!
[Revista Biografia]

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo


Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

Anônimo disse...

A Rádio Cultura de Santos Dumont-MG, "TERRA DO PAI DA AVIAÇÃO", cidade de 50 mil habitantes, na Zona da Mata Mineira, região de Juiz de Fora, fundada em 17 de agosto de 1948 é uma emissora administrada pela Sociedade Mineira de Comunicação.
Direção: Sérgio Rodrigues, João Begatti e Carlos Ferreira.


www.radioculturasd.com.br
twitter.com/radioculturasd
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=97354075
CULTURA ACONTECE: De segunda/sábado, de 08 às 10, com Jorge de Castro e participações de Sérgio Rodrigues, Carlos Ferreira e João Begati.

CAMPEONATO MINEIRO: Domingo (06/02), direto de Sete Lagoas, Atlético-MG e Tupi-JF.


Leia mais aqui no BLOG:
www.carlosferreirajf.blogspot.com

Pedra do Sertão disse...

Parabéns pelo trabalho de divulgação...passarei no blog para conhecer o autor! Abraço

Luciano Brasileiro Spagnol disse...

Obrigado pelo prestígio de poder participar do Blog,Daufen, aproveito para parabenizar pela iniciativa. Saudações.

Cristal de uma mulher disse...

meus queridos da revista biografia gostaria de saber que receberam minha biografia e minhas poesias,desde já eu fico esperando e agradecida pela respostas de vocês

Um abraço

Rita disse...

Sua página ficou show. Eu sei como é bom escrever, principalmente poesia... Escrevi durante dois ou três meses de 2009 mais de 150 poemas, mas parei por aí... Meu muso inspirador morreu e com ele foi-se a minha poesia... Preferi assim!

Um grande abraço e parabéns pela sua alma sonhadora.