Transtorno de Personalidade Antissocial - Psicopatia - Esquizofrenia - Parte VI [Jorge Guedes]

 Esquizofrenia - Parte VI
“A Conexão Espiritual”

A psicopatia (TPA), Transtorno de Personalidade Antissocial, vulgarmente conhecida por “sociopatia”, é um transtorno de personalidade, caracterizado pelo comportamento impulsivo. Os sintomas frequentes são: desvio de caráter, desprezo por normas sociais, indiferença aos direitos e sentimentos dos outros indivíduos, independente do nível de ligação.

O número de indivíduos acometidos pelo Transtorno de Personalidade Dissocial é elevado, chegando segundo as estatísticas da (OMS) Organização Mundial de Saúde, ao expressivo 63%, incluindo presidiários.

Este transtorno é caracterizado pela ausência de empatia com qualquer ser vivo, tendo como resultado sérios prejuízos aos que convivem com estes indivíduos.

Este desvio de caráter, segundo as pesquisas científicas, começa a estruturar-se na infância, e na maioria das vezes os sintomas podem ser observados na adolescência, por meios de comportamentos agressivos, e que são erroneamente diagnosticados como Bipolares.

Geralmente estes indivíduos têm uma família desestruturada ou tiveram uma infância difícil, e quando atingem o início da fase adulta, repetem o comportamento agressivo do indivíduo dominante da família; são visivelmente: mentirosos, egoístas, interesseiros, desprovidos de piedade, estratégicos e requintados na arte da dissimulação.


Cientificamente são conhecidos como perversos, modalidade que difere das neuroses e das psicoses.

Este comportamento não é modificado com facilidade, por existir uma tendência a culpar os outros ou fornecer racionalizações plausíveis, para justificar as causas que os levam a entrar em conflito com a sociedade.

Nos termos científicos são denominados como: egocêntricos patológicos, devido a incapacidade de sentir e expressar afeto, tem vida impessoal, são pobres na tolerância, porém, ricos no requinte da violência psicológica.

Sintomas: dificuldade em conformar-se com às normas sociais, impulsividade em fazer planos para o futuro, irritabilidade e agressividade, necessidade por lutas corporais, desrespeito e irresponsabilidade pela própria vida e principalmente pela vida alheia, ausência de remorsos, tendência para enganar, mentir repetidamente, usar nomes falsos, ludibriar e visar vantagens pessoais, no sexo só alcançam prazer na dor do passeiro (a), manipuladores (as), cínicos (as), e dificilmente estes indivíduos conseguem manter uma relação duradoura, mesmo com os da mesma espécie.

Para diagnosticar um Sociopata o Psiquiatra ou Psicólogo deve abranger os recursos afetivos, interpessoais e comportamentais geralmente ausente.

Recurso para uma avaliação: observar narcisismo agressivo, charme superficial, grandiosidade, esperteza, ideias férteis, baixo grau de aceitação das responsabilidades das próprias ações, insensibilidade, tendência ao tédio, vida parasitária, ausência de metas, promiscuidade, etc…

Pesquisas por neuro imagem da massa cinzenta na área pré-frontal, denunciam uma diminuição do volume do hipocampo posterior e um aumento considerável da matéria branca do corpo caloso que contribuem para o aumento dos comportamentos agressivos.

Cientificamente, até o momento não existe tratamento medicamentoso eficiente para os indivíduos acometidos pela sociopatia; as terapias que envolvem esforço físico oferecem resultados satisfatórios a longo prazo.

- Psicopata?

Jorge Guedes – Brasileiro, nascido em 1959, Iniciou suas pesquisas no Brasil, Reside em Portugal desde 2003, Fundador do EEIJG (Espaço da Espiritualidade Independente Jorge Guedes) Pesquisador, P.h.D. em Neurociências pela Universidade de Tel Aviv – Israel, Psicoterapeuta, filiado ao SINTE (CRT 30610) no ano de 1989, com as pesquisas da Regeneração das Células-Tronco, Criando as Técnicas da Terapia da Eletrogenese e a Terapia Bio Celular In Vivo.
Atendimentos através de: Tratamentos Terapêuticos, Regeneração das Células-Tronco, Terapia da Eletrogênese, Terapia Bio Celular In Vivo, Psicoterapia, Hipnose, Terapia das Vidas Passadas, Acupuntura, Laser Terapia, Terapia da Polaridade, Terapia Xamânica, Cromoterapia, Analise Bioenergética, Reestruturação das Moléculas Extra-Física, Reestruturação Neural. 
Pesquisas - Investigação e Estudos: Na área da Neurociência, da Espiritualidade e da Ciência, Física Quântica, Genética Extra Física, Psicobiofísica e Comportamental, Parapsicologia.
UTDA - Unidade de Tratamentos dos Distúrbios Apresentados: Leucemia, Tumores cerebrais, Tumores Pâncreas, Esquizofrenia, Sindrome de Willians, Alzheimer  Epilepsia, Compulsões, Transtorno Bipolar da Afetividade, Dependência Química, Aconselhamento, Oscilações Emocionais, TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo, Neuropsicoterapia, Distúrbios Extra-Físico,
Palestras- Cursos e Workshop : Debates sobre a Espiritualidade Independente, Desenvolvimento Pessoal, Regressão de Memórias, Terapia Bio Celular In Vivo, Regeneração das Células-Tronco, Hipnose

Todos os direitos autorais reservados ao autor.

4 comentários:

Gil Façanha disse...

Mais uma bela postagem do Dr.Jorge Guedes. O primeiro parágrafo ficou um pouco comprometido pela margem direita, mas nada que comprometa o texto num todo. Parabéns mais uma vez. Abraços a todos que fazem dessa revista um espaço a cada dia mais interessante.

daufen bach. disse...

Oi Gil!
Obrigado pelas palavras e pelo alerta quando a formatação do parágrafo! Corrigido aqui! Um abração grande a ti!

sogueira disse...

Um texto bastante esclarecedor. Algumas pessoas passam por este transtorno emocional.

sogueira disse...

Texto bastante esclarecedor. Algumas pessoas passam realmente por este transtorno emocional.