As 23 fotografias mais chocantes de todos os tempos [Debora Blezer]

As 23 fotografias mais chocantes de todos os tempos



A fotografia foi definitivamente uma das criações mais importantes da humanidade. Através dela foi possível o registro dos mais importantes acontecimentos no mundo contemporâneo. Manifestações culturais, guerras, tragédias e milhares de eventos marcantes que foram responsáveis por determinar o curso da sociedade, hoje é a herança de uma história que vem sendo contada há séculos.

Muito há por trás de cada imagem feita através de uma lente. O olhar do fotógrafo é determinante para captar a essência do momento. Outras vezes é apenas uma questão de sorte estar no lugar certo para disparar o igualmente certeiro clique na máquina. Muitas das fotografias abaixo selecionadas, não trazem uma imagem bonita e agradável, pelo contrário, são registros perturbadores, que fazem qualquer ser pensante questionar o que está sendo visto, além de trazer um teor profundo e poético até mesmo nas fotografias mais frias. Não há definição que seja suficiente para descrever o peso e valor histórico de cada um dos registros abaixo, e considerando isso, mais uma vez somos remetidos a clichê, porém verdadeira frase: uma imagem vale mais que mil palavras.

Veja abaixo:

1.Meninas caindo de prédio (1975)



Stanley Forman fotografou em 22 de julho de 1975, as jovens Diana Bryant, de 19 anos e sua sobrinha Tiare Jones, de dois anos caindo de uma escada de incêndio tentando sair de um apartamento em chamas. Diana morreu mais tarde no mesmo dia. Tiare sobreviveu a queda.


2.Omayra Sanchez (1985)
























A menina de 13 anos foi vitima da erupção do vulcão Nevado del Ruiz, na Colômbia. Ela morreu após ficar presa durante três dias entre os entulhos do povoado devastado e da própria casa onde morava, junto aos corpos dos pais. Os socorristas não conseguiam chegar até o local para resgata-la. A foto foi feita por Frank Fournier três horas antes da morte de Omayra.


3.A mãe migrante (1936)



A imagem de Florence Owens Thompson, mãe migrante com o olhar vago, sem ter comida para alimentar os filhos, se tornou um ícone dos Estados Unidos na época da grande depressão. A imagem foi feita por Dorothea Lange.


4.Biafra (1969)


Deixando mais de um milhão de pessoas mortas, a Guerra do Biafra, na Nigéria ficou marcada por suas imagens que retratavam a fome devastadora no lugar. O fotógrafo de guerra Don McCullin foi um dos principais a registrar a situação de calamidade.


5.Kim Phuc (1972)


A imagem mais famosa da guerra no Vietnã retrata o desespero da menina Kim Phuc, de apenas 9 anos fugindo de um ataque em 8 de junho de 1972. Nua e com o corpo queimado pelos explosivos, ela foi clicada pelo fotógrafo Nick Ut, que ganhou o prêmio Pulitzer pela imagem. Os dois se reencontraram diversas vezes após o ataque. Kim, hoje com 49 anos, virou embaixadora da boa vontade da Organização das Nações Unidas (ONU), e ajuda vítimas de guerra.


6.Execução de um Vietcong (1968)


Em fevereiro de 1968 o Coronel Nguyen Ngoc Loam, chefe da Polícia Nacional da República do Vietnam, executou o oficial vietcong Nguyen Van Lém. O exato momento do assassinato foi clicado pelo fotógrafo Eddie Adams. A imagem foi ganhadora do prêmio Pulitzer de 1969


7.A fome no Sudão (1993)


A imagem chocante da menina prestes a morrer de fome sendo observado por um abutre no Sudão rendeu ao fotógrafo Kevin Carter o prêmio Pulitzer do ano. Ele viajou até o país para retratar a fome e calamidade resultantes da Guerra Civil e se deparou com a criança tentando se arrastar até um posto de alimentação. Carter foi fortemente criticado por ter feito o registro e não ter ajudado a menina. Com o sentimento de culpa, ele acabou se matando em 27 de julho de 1994.


8.Hiroshima (1945)


Uma das imagens mais impactantes de todos os tempos é a do primeiro bombardeio atômico do mundo. A fotografia foi tirada por George William, piloto do avião, na cidade de Hiroshima, local escolhido para ser devastado em 6 de agosto de 1945, pela bomba Little Boy, dos Estados Unidos. A explosão deixou 258 mil mortos.


9.Racismo nos Estados Unidos (1950)


A imagem demonstra o racismo existente nos Estados Unidos em meados dos anos 50. Assim como não podiam morar em bairros de brancos, tinham assentos diferenciados nos ônibus, os negros também tinham bebedouros separados. A fotografia feita por Elliott Erwitt causou indignação ao redor do mundo.


10.Uganda (1980)


A imagem chocante mostra a comparação das mãos de um missionário e uma criança de Karamoja, na Uganda. O registro é de Mike Wells.

11.Monge em chamas (1963)


Thich Quang Duc, monge vietnamita, ateou fogo ao próprio corpo como forma de protesto à maneira opressora pela qual o budismo era tratado no país. O ato aconteceu no dia 11 de junho de 1963. Enquanto queimava em chamas o monge permaneceu quieto e imóvel. Como tradição no budismo, seu corpo foi cremado. Mais tarde sua atitude foi imitada por outros monges.

12.Menina afegã (1984)


A menina Sharbat Gula foi fotografada quando tinha apenas 12 anos por Steve McCurry em uma reportagem da National Geographic e se tornou uma das fotografias mais famosas do mundo, chamando atenção pela cor e expressividade de seus olhos. Décadas mais tarde, em 2002 McCurry reencontrou Gula, que não fazia a menor ideia do impacto de sua imagem.

13.O homem caído (2001)


Muitas foram as vítimas que desesperadas com o incêndio nos prédios, acabaram se suicidando durante o ataque as torres gêmeas em 2001. Não se sabe ao certo quantas pessoas pularam dos prédios, mas acredita-se que centenas se jogaram das janelas antes que o World Trade Center viesse abaixo. A foto do homem caindo tornou-se uma das mais famosas na tragédia. Sua identidade nunca foi descoberta.


14.A Primeira estudante negra (1957)


Dorothy Counts tinha 15 anos quando se tornou a primeira menina negra no colégio Harding, em Charlotte, sul dos EUA.


15.O Preservativo (2009)


Demonstração do uso do preservativo em um mercado público em Jayapura, capital da Papua na Indonésia.


16.Tsunami (2004)


Exato momento do Tsunami que atingiu a Tailândia no Sismo do Índico .


17.Cão da último adeus (2013)


A fotografia de Jonathan Palmer mostra o cão colocando sua pata sobre o caixão do dono, o policial Jason Ellis, morto em serviço durante uma emboscada.


18.Trabalhadores na hora do almoço (1932)


Apesar de parecer uma montagem, a foto é real e mostra os trabalhadores em seu horário de almoço. A fotografia foi feita no piso 69 do edifício RCA, atual prédio da GE por Charles Ebbets.


19.Assassinato de Mussolini (1945)



Benito Mussolini e sua companheira Clara Petacci foram mortos por guerrilheiros da resistência italiana e seus corpos ficaram expostos à execração pública durante vários dias, pendurados pelos pés, na Piazza Loreto em Milão.


20.Judeus em Buchenwald


O holocausto deixou centenas de imagens chocantes demonstrando o estado deplorável que eram mantidos judeus e outros contrários a ideologia nazista. Foto tirada no campo de concentração de Buchenwald.


21.Bush descobrindo que as torres gêmeas foram atacadas (2001)


O exato momento em que o ex-presidente dos Estados Unidos, George W. Bush é comunicado dos ataques ao World Trade Center, em 11 de setembro de 2001.

22.Câmara de gás em Auschwitz


Um visitante do campo de concentração de Auschwitz, um dos mais conhecidos da história, registrou a imagem impressionante das paredes fortemente arranhadas.


23.Indianos esperando comida de graça


Moradores de rua em Nova Delhi, na India esperam comida de graça ao lado de fora uma Mesquita.

Fonte:

7 comentários:

Anônimo disse...


Excelente galeria. Mas em minha opinião a foto manipulada de Charles Ebbets não merecia lugar aqui. Os fotógrafos de ponta, corajosos e inspirados, que aproveitam cada chance de registrar o mundo natural e as grandezas e misérias humanas, produzem muita foto inspiradora e instigadora.
Celso Lago-Paiva
Curvelo MG

Mark disse...

O homem em queda do World Trade Center se chamava Jonathan Briley.

Thiago Pego Dos Santos disse...

Simplesmente,um trabalho magnífico.
Pois quando pensamos que estamos em um sofrimento maior,infelizmente alguém está protagonizado um momento ainda pior...

Criação X Evolução disse...

Primeiramente, fora Temer. Segundamente, as torres gêmeas foram derrubadas pelo governo americano. A foto foi tirada para parecer um dia normal, mas Bush já sabia de tudo. Terceiro, Hitler certamente está no inferno pagando por sua maldade. Quarto, Ciro Gomes 2018!

Edson Hyvem de Moraes disse...

Ué kd as fotos de Hibbert capa no dia D??

Edson Hyvem de Moraes disse...

Ué kd as fotos de Hibbert capa no dia D??

Giácomo Barbosa disse...

Inferno num é lugar de tormento, ninguém pode ficar sofrendo dores enquanto se queima pra sempre. Estude sobre GEENA OU VALE DE HIMON. Isso não é um confronto irmão, é só um toque.