Festas [Aclyse Mattos]

Festas

Aclyse Mattos
             

Sobre a obra

Aclyse Mattos, que nos deu os mais belos e intensos retratos da paisagem mato-grossense em Quem muito olha a lua fica louco (Oficina Mínima, 2000), volta à cena com uma poesia cheia dos namoros com a música. Nesse affair com outras artes, que faz dele um bom versatilizador, surge Festa. Rimas e ritmos juntam-se a um vocabulário cuiabano e de alguns povos indígenas, como de estilo cuiabano também é, às vezes, a sintaxe do poeta que nasceu nesta terra.
O livro-vinil de Aclyse tem de tudo um pouco. Até o registro de que um famoso antropólogo esteve por aqui, onde a Nossa Senhora é índia, por obra do artista plástico Irigaray. Tem também a homenagem aos comparsas do verso: Ivens Scaff, Antonio Sodré e, novamente, Silva Freire. Aclyse tem se mostrado irmão desses autores no sentido de uma poesia inventiva, musical, telúrica e que faz uma espécie de crônica da vida de Cuiabá.
Só temos a agradecer pelo pout-pourri de vivências. Como em toda festa que se preze, Aclyse se compõe um gentil anfitrião a receber os convidados – nossas leituras – para uma supercurtição das faixas e lados de sua mágica poesia. Quem nunca olha a lua nem vai à Festa, não pode ficar louco, já está.

                                                                                                            Marta Cocco

Sobre o autor

Aclyse Mattos nasceu em Cuiabá, dias antes da cheia de 59 que inundou o Porto. Poeta nas horas cheias e professor nas horas vagas. Além de Cuiabá, morou também no Rio de Janeiro e São Paulo. Professor do Departamento de Comunicação da UFMT, mestre pela ECA-USP e doutorando pela UFMG. Festa é o livro em que celebra a musicalidade da poesia. Seus outros livros de poemas são Assalto à mão amada (1985), Papel Picado (1987), Quem muito olha a lua fica louco (2000). Também escreve contos (O Sexofonista, 1986), literatura para crianças (Natal Tropical, 1990), letras de música
e roteiros. Participou de diversas revistas e antologias nacionais e internacionais
de poesia.

Ficha técnica
Autor: Aclyse Mattos
Edição: 1ª
Ano de publicação: 2012
ISBN: 978-85-8009-049-9
Tamanho: 15 x 21 cm
Número de páginas: 80
Gênero: Poemas
Editora: Carlini & Caniato Editorial

Fonte:

0 comentários: