Dica de Presente de Natal – Livro [Revista Biografia]

Dica de Presente de Natal – Livro


Dar um livro como presente de Natal é entregar um mundo de fantasias e de sonhos tornando-o acessível para a pessoa que é presenteada. É mostrar uma realidade totalmente nova e intrigante para uma mente ávida por sonhos e por conhecimentos. Quem adora a experiência proporcionada pela leitura de um bom livro, não dispensa essa sensação por nada desse mundo.

A dica de hoje é o livro do poeta Manoel de Barros . 

“Para encontrar o azul eu uso pássaros” 

Aos amantes da poesia, natureza e fotografia: uma obra de arte. “Para encontrar o azul do céu eu uso pássaros”, une a indescritível maneira de Manoel de Barros apresentar a natureza, com o olhar detalhista de Marcelo Silva de Oliveira para fotografia.


Tendo como cenário o Pantanal, Manoel e Marcelo proporcionam a aproximação do leitor com essa paisagem tão exuberante. 

Com textos já publicados e outros inéditos, Manoel de Barros não só atribui um sentido literário aos pássaros, ao sol, às águas e aos seres, como também humaniza as paisagens pantaneiras. 

Manoel de Barros é um poeta brasileiro do século XX, pertencente à geração de 1945, mas formalmente ao Modernismo brasileiro, se situando mais próximo das vanguardas europeias do início do século. É o mais aclamado poeta brasileiro da contemporaneidade nos meios literários. Enquanto ainda escrevia, Carlos Drummond de Andrade recusou o epíteto de maior poeta vivo do Brasil em favor de Manoel de Barros. Sua obra mais conhecida é o "Livro sobre Nada", de 1996.


ISBN: 978-85-62443-29-9

Páginas: 132

Formato: 295 x 225mm

Ano: 2011

1ª Edição


“O mundo não foi feito em alfabeto.
Senão que primeiro em água e luz.
Depois árvore.”

Qualquer admirador da literatura ficaria encantado ao receber um livro desse.

Gostaram dessa dica de presente?

0 comentários: