Thiago Sinohara [Arquieto, Artista Plástico e Músico Brasileiro]


Thiago Sinohara é arquiteto, artista plástico e músico. Sua formação oficial, arquitetura, foi escolhida por motivos práticos: “Era o curso que tinha disponível em Cuiabá, na UNIC, e também escolhi porque a minha irmã já estudava arquitetura na época”, conta.

Ele se formou, mas nunca deixou nenhuma das três aptidões de lado. Depois de trabalhar certo tempo em um escritório de arquitetura, decidiu que precisava pensar no que queria fazer, de verdade, da vida. Thiago então foi para o pantanal, “na companhia de meu violino, de um pincel e uma tela”, conta. Aquela era a primeira vez que ele pintava em tela, já que antes tinha se dedicado somente ao desenho.

Quando voltou de lá, o artista decidiu ir para São Paulo estudar e ter mais contato com as artes. Passou o ano de 2013 inteiro na metrópole, mas voltava uma vez por mês para Cuiabá para estudar violino no Conservatório Dunga Rodrigues. Em São Paulo, ficou seis meses em um ateliê, enquanto estudava filosofia, história e artes.

Após um ano de imersão, voltou para Cuiabá e mudou-se para Chapada: “Eu não tinha pretensão de ir morar lá. Mas eu ia um final de semana, depois ia três dias, e fui levando minhas coisas”, disse Thiago. Lá, ele passou mais um ano organizando suas ideias e se aprofundando nos estudos de aquarela e música.

Foto: Espaço Magnólia

No final de 2014, duas realizações o fizeram decidir qual seria seu foco principal para os próximos tempos. Ao voltar para Cuiabá, ele fez uma prova de nível médio no Conservatório, e se dedicou mais à aquarela, arte que ele decidiu se aprofundar.

A aquarela entrou na vida de Thiago por meio de sua irmã. “Ela não tinha muito contato com artes e me pediu para procurar alguma aula de aquarela para ela fazer. Eu achei a professora, mas na hora da inscrição eu me inscrevi, e ela desistiu”, conta Thiago.

Ele já passou por diversas vertentes artísticas. Já fez grafitte, colagens e outras, mas apaixonou-se pela aquarela depois de três meses de aula com a artista plástica Ediana.


Depois da temporada em São Paulo e Chapada, Thiago decidiu que a aquarela é no que ele vai dar continuidade e se aprofundar, não importa onde. Apesar disso, ele afirma: “Li esses dias em um texto de Adorno, que ele diz que o que não é sua profissão oficial não é apenas um hobby. São momentos integrais da minha existência. E é assim que eu vejo também, a música e a aquarela nunca foram hobbies”.

(Foto: Isabela Mercuri)

Espaço Magnólia
Espaço Magnólia
Espaço Magnólia
Espaço Magnólia
Espaço Magnólia
Fonte:
www.olhardireto.com.br
[Redação - Isabela Mercuri]
Fotos: Espaço Magnólia

Thiago Sinohara
Todos os direitos autorais reservados ao autor.

0 comentários: