Tailândia – um país exótico, fascinante e histórico [Ian Castelli]

Tailândia – um país exótico, fascinante e histórico



O Próxima Parada de hoje levará você para um país bem distante de nós, localizado no sudeste asiático e repleto de belezas naturais incríveis, alguns costumes bem exóticos e pratos picantes e deliciosos. Estamos falando da Tailândia! Embarque conosco na viagem virtual por esse país e prepare-se para descobrir muitas coisas que você jamais imaginou sobre os tailandeses. Então vamos lá!

O nome oficial da Tailândia (antigamente conhecido como Sião) é Reino da Tailândia e ele é caracterizado por ser uma monarquia constitucional, encabeçada pelo Rei Bhumibol Adulyadej, que desde 1946 está no comando do país – o que faz dele o chefe de estado mais antigo do mundo, assim como o monarca com o maior reinado da história tailandesa. Inclusive, se você estiver em terras tailandesas, é melhor não desrespeitar o rei, pois isso é considerado um verdadeiro crime e você pode ter certeza de que será devidamente punido. 

O agito de Bangkok 

A capital do país é a cidade multicultural de Bangkok; uma verdadeira metrópole do sudeste asiático. A localidade é conhecida como “Cidade dos Templos” devido aos inúmeros templos que se espalham por todos os seus bairros – e que são construções históricas com centenas de anos. O turismo é bastante comum na cidade, sendo que apenas Londres recebeu mais turistas do que Bangkok em 2006. 

Veja abaixo algumas imagens da cidade:




No total, a Tailândia possui aproximadamente 70 milhões de habitantes, sendo que mais de 12 milhões deles vivem na capital. Por esse motivo, é de se esperar que o trânsito da principal cidade do país seja bastante caótico. O nome de Bangkok na verdade não é Bangkok, mas "Krung Thep Mahanakhon Amon Rattanakosin Mahinthara Ayuthaya Mahadilok Phop Noppharat Ratchathani Burirom Udomratchaniwet Mahasathan Amon Piman Awatan Sathit Sakkathattiya Witsanukam Prasit"(ufa!) — o nome mais extenso de uma cidade no mundo.

O idioma oficial é, obviamente, o tailandês, porém é possível se virar com o inglês nas áreas mais populosas. A religião principal do país é o budismo, praticado por mais de 85% da população. Um fato curioso e interessante é que a palavra thai quer dizer independente, sendo que muitos locais utilizam esse termo para se referir à Tailândia como Terra da Liberdade – um nome que reflete o orgulho que o país sente por ser a única nação do sudeste asiático que não foi colonizada pela Inglaterra ou por qualquer outra potência da Europa.

Um lugar verdadeiramente paradisíaco

A Tailândia é um país repleto de ilhas e praias paradisíacas. Um dos destinos mais famosos é conhecido como Ilhas Phi Phi, local que abrigou as filmagens do filme "A Praia", estrelado por Leonardo DiCaprio. O país é extremamente quente (inclusive, Bangkok está entre as cidades mais quentes do mundo) e sofre os efeitos climáticos das monções, que são chuvas específicas que ocorrem nas regiões costeiras. Infelizmente, as praias tailandesas são suscetíveis aos efeitos de tsunamis, como já ocorreu no passado. Veja abaixo algumas belas paisagens do país:





O Reino Antigo de Ayutthaya

Esse reino siamês (antigo nome da Tailândia) foi fundado em 1351 e prosperou por mais de 400 anos, sendo o mais poderoso do sudeste asiático até a invasão da Birmânia, o país vizinho. Hoje, as ruínas de Ayutthaya podem ser visitadas na Tailândia e revelam uma civilização de cultura rica e impressionante, sendo um verdadeiro museu a céu aberto.



Festivais culturais um tanto bizarros para nós

A Tailândia é um país milenar e, com todas as histórias que já ocorreram sobre suas terras, é de se esperar que existam alguns festivais culturais interessantes (e um tanto bizarros). Um dos mais estranhos é o chamado "Festim dos Macacos", em que mais de 600 macaquinhos são convidados a comer frutas e diversos alimentos oferecidos a esses animais (os locais agradecem os macacos pelos turistas que eles trazem ao país).

Outro festival mais bizarro e bastante agressivo é o "Festival Vegetariano de Phuket", que tem como objetivo pregar o vegetarianismo e a purificação do corpo de um modo bastante peculiar: através de automutilações. A perfuração facial é realizada por diversas pessoas nas festividades, além de outras mutilações menores pelo corpo. Se você quiser ver imagens de Phuket, clique aqui, porém já avisamos que elas contêm cenas bem fortes.



Outro festival mais bizarro e bastante agressivo é o "Festival Vegetariano de Phuket", que tem como objetivo pregar o vegetarianismo e a purificação do corpo de um modo bastante peculiar: através de automutilações. A perfuração facial é realizada por diversas pessoas nas festividades, além de outras mutilações menores pelo corpo. Se você quiser ver imagens de Phuket, clique aqui, porém já avisamos que elas contêm cenas bem fortes. 

Outro festival mais ameno e visualmente bonito é o "Loi Krathong", também conhecido como "Festival das Luzes", que ocorre em várias cidades simultaneamente. Os povos locais soltam pequenos barcos decorados com flores, velas e incensos nos rios. Além dele, existe o "Yi Peng", em que dezenas de pequenos balões são liberados no céu, de modo que representem as energias negativas que estão indo embora.

Curiosidades aleatórias e fatos interessantes

A Tailândia, e não a China, é o maior exportador de arroz do mundo;

O Muay Thai, como você pode imaginar pelo nome, é um esporte típico do país e que foi exportado para o mundo todo, também conhecido por lá como Boxe Tailândes – arte marcial milenar e extremamente ágil; 

A Tailândia possui algumas leis um tanto esquisitas que são resquícios de regras de antigamente, como o fato de ser proibido dirigir um carro sem camisa ou de sair de casa sem a roupa de baixo (severas multas são aplicadas em ambos os casos).



Bangkok é uma cidade bastante liberal se a compararmos com outras metrópoles da Ásia, sendo que o respeito à diversidade e orientação 

Os gatos siameses são nativos da Tailândia;

É proibido por lei pisar em qualquer nota de dinheiro tailandês (as notas possuem imagens do rei do país); 

Os tailandeses sempre mantêm suas cabeças abaixadas para pessoas

De acordo com os leitores da Revista Rough Guides, a Tailândia é o quinto país mais amigável do mundo; 

A maior estátua de ouro de Buda está presente em terras tailensas, com quase dez metros de altura no Monastério de Wat Muang;


Há mais de um século, aproximadamente 100 mil elefantes viviam no país. Hoje, esse número caiu absurdamente e atingiu a triste marca de cinco mil; 

O termo siamês, referente às pessoas que nasceram grudadas por membros do corpo, é originário da Tailândia, já que foi utilizado pela primeira vez em 1811, quando os irmãos Eng e Chang nasceram grudados pelo peito.

Bangkok é uma cidade repleta de canais e em muitos desses espaços existem os Floating Markets, conhecidos por aqui como Mercados Sobre as Águas. Neles, os comerciantes navegam com seus barcos e vendem legumes, frutas, chapéus e inúmeros tipos de produtos, além de ser um lugar para colocar o papo em dia. 

A culinária tailandesa é bem variada, composta principalmente por frutos do mar, arroz e macarrão, além de muitos pratos apimentados (o curry é um verdadeiro sucesso por lá).
 
Fonte(s) 
Wikipédia
Telegraph
Rough Guides
Random Facts
Thailand Facts 

Imagens 
Shutterstock
Shutt 

MegaCurioso

0 comentários: