Luiz Ernesto Moraes [Professor e Artista Plástico Brasileiro]

Luiz Ernesto Moraes é artista plástico e professor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Ex- aluno desta escola, Luiz Ernesto foi seu diretor de 1998 a 2002. Em 1992, contemplado com uma bolsa de estudos pelo Conselho Britânico, passou um ano na Escócia, no Glasgow Print Studio onde desenvolveu uma série de trabalhos em diferentes técnicas de gravura. Desde 1979, tem participado de exposições individuais e coletivas.

Seu trabalho desenvolve-se em diversos meios, como desenho, pintura, objetos e fotografia e tem como ponto de partida os objetos banais do cotidiano. Para uma exposição sua em 1999, no Paço Imperial, o crítico Agnaldo Farias, assim se referiu ao trabalho do artista: “ As pinturas, desenhos e assemblages de Luiz Ernesto sempre se propuseram a animar as coisas de sua letargia para deixá-las transbordar, fazê-las abandonar seu estado inicial rumo a uma condição próxima. O insólito, dizem seus trabalhos, está aqui mesmo.”

Desde 2001, Luiz Ernesto vem desenvolvendo um trabalho em fibra de vidro, resina de poliéster e fotografia. Sobre este trabalho o crítico Paulo Sérgio Duarte, num texto intitulado “ A solidão das coisas calmas”, escreveu:

“ O que são esses trabalhos de Luiz Ernesto? Não são telas, nem é pintura, ao menos no sentido convencional. No entanto com esta se assemelham, não pela forma no sentido estrito, digamos que lembram a pintura pelo que em inglês chama-se shape. ... Na sua fabricação obedecem aos procedimentos da escultura. Têm um molde e lá o artista deita seus lençóis de fibra, seus solventes e suas figuras e suas palavras.

...Apesar de suas dimensões, o verdadeiro tema dos quadros é a nostalgia de um mundo em miniatura, sem violência ou nervosismo, onde as coisas calmas pudessem usufruir a sua solidão.”


LUIZ ERNESTO MORAES
Rio de Janeiro, 1955.
Vive e trabalha no Rio de Janeiro.

FORMAÇÃO 

1976/78 - Cursos na Escola de Artes Visuais.
1978 - Forma-se em Engenharia Mecânica na Universidade Católica de Petrópolis, RJ.
1992 - Bolsista do Conselho Britânico no Glasgow Print Studio, Escócia, UK.

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS 

1982 - Galeria Banerj, Rio de Janeiro.
1984 - Galeria Paulo Klabin, Rio de Janeiro.
1988 - Galeria Suzanna Sassoun, São Paulo.
1990 - Galeria Anna Maria Niemeyer, Rio de Janeiro.
1993 - Galeria Anna Maria Niemeyer, Rio de Janeiro.
1996 - Galeria Anna Maria Niemeyer, Rio de Janeiro
- Paço Imperial, Rio de Janeiro.
1999 - Paço Imperial, Rio de Janeiro.
2002 - Sílvia Cintra Galeria de Arte, Rio de Janeiro.
- Galeria Nara Roesler, São Paulo.
2004 - Silvia Cintra Galeria de Arte, Rio de Janeiro.
2005 - Galeria Nara Roesler, São Paulo.
2007 - Silvia Cintra Galeria de Arte, Rio de Janeiro.

PRINCIPAIS EXPOSIÇÕES COLETIVAS

1978 - I Salão Nacional de Artes Plásticas, Rio de Janeiro.
1979 - Litografia Brasileira, Palácio das Artes , Belo Horizonte, MG.
- Litografia, Galeria Estampa, Rio de Janeiro.
- Trienal Latinoamericana del Grabado, Buenos Aires, Argentina.
- Twelve Brasilian Printmakers, Maryland e New York, USA.
1980 - VII Salão Carioca de Artes, Rio de Janeiro.
- III Salão Nacional de Artes Plásticas, Rio de Janeiro.
- III Mostra Anual de Gravura de Curitiba, Curitiba.
- Panorama da Arte Brasileira Atual, MAC, São Paulo.
1982 - V Salão Nacional de Artes Plásticas, Rio de Janeiro.
1983 - VII Salão Carioca de Artes, Rio de Janeiro.
- Graficos del Brasil, Foro de Arte Contemporaneo, México.
1984 - Como vai você, Geração 80? Escola de Artes Visuais, Rio de Janeiro.
1985 - Rio Narciso, Instalação, Escola de Artes Visuais, Rio de Janeiro..
1986 - IV Salão de Arte Contemporânea de São Paulo,SP.
- IX Salão Nacional de Artes Plásticas, Belo Horizonte, MG.
1987 - Montesanti Galeria, RJ.
1990 - Reabertura do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Coleção
Gilberto Chateaubriand., RJ.
1991 - Latin American Drawings Today, San Diego Museum of Art, EUA.
- Consumir o Consumo, exposição intinerante, Museu de Contemporânea,SP.
- Galeria de Arte UFF, Niterói, RJ, Espaço Athos Bulcão, Brasília, DF.
1993 - Twenty-one Years Old of The Glasgow Print Studio, McLellan Galleries, Escócia, UK.
- Brazil, Images of 80’s & 90’s, Art Museum of the Americas, Washington, DC, EUA
1994 - V Bienal de La Habana, Cuba.
- BR-UK, Museu de Arte Moderna, RJ
- Brazil: Images of 80’s & 90’s, Museu de Arte Moderna, RJ.
1995 - Infância Perversa, Museu de Arte Moderna, RJ e Museu de Arte Moderna da Bahia, BA.
- Anos 80 - O Palco da Diversidade (Coleção Gilberto Chateaubriand Galeria do Sesi.SP.
1996 - Coleção Carioca, Espaço Cultural dos Correios, RJ.
- Arte Contemporânea Brasileira na Coleção João Sattamini, MAC, Niterói, RJ.
- Esculturas no Paço, Paço Imperial, Rj.
1997 - Razões e Sensibilidades, Museu da República, RJ.
- Brasil - Reflexão 97 / A Arte Contemporânea da Gravura, Curitiba, PR.
- Ar, Paço Imperial, Rio de Janeiro, RJ.
1999 - Objetos, anos 60/90 Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, RJ.
2001 - Gesto Matéria Cor Imagem, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro,RJ.
A imagem do Som de Antônio Carlos Jobim, Paço Imperial, Rj
2002 - Diálogos, Antagonismo e Replicação na Coleção Sattamini, Museu de Arte Contemporânea, Niterói, RJ .
- A imagem do som do Rock Brasil, Paço Imperial, Rj.
2003 - Grande Orlândia, Rio de Janeiro, RJ
Conexão Petrópolis, Museu Imperial – Funarte , Petrópolis, RJ.
2004 - A Face Icônica da Arte Brasileira, Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro, Rj.
- Onde Está Você, Geração 80?, Centro Cultural do Banco do Brasil, Rio de Janeiro, Rj.
Encontro com o Modernismo, MAM, RJ.
2005 - Arte Brasileira Hoje, MAM, RJ.
- Picinas, Silvia Cintra Galeria de Arte, RJ.
2006 - É Hoje, Santander Cultural, Porto Alegre, RS.
- Deuses Gregos em Templos Contemporâneos, Museu de Arte Contemporânea de Niterói, RJ.
2007 - Poder e Afetividade Silvia Cintra Galeria de Arte, RJ. 

PREMIAÇÕES 

1980 - 1º Prêmio de Desenho, IV Salão Carioca de Arte, RJ.
- Prêmio Acervo da Casa da Gravura, III Mostra Anual de Gravura de Curitiba, PR.
1986 - Prêmio de Aquisição, IX Salão Nacional de Artes Plásticas.


ATIVIDADES DIDÁTICAS De 1998 a 2002 foi diretor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage onde é professor desde 1979.













Fonte: 
http://www.luizernesto.com.br 

Luiz Ernesto Moraes
Todos os direitos autorais reservados ao autor.

0 comentários: